imagem para ilustrar sibre os prejuizos causados por andar com o carro na reserva

Carro na reserva: pare agora de esperar por esse alerta para abastecer. Veja por quê!

Há condutores que sentem verdadeiro prazer em ver o indicador de combustível apontando o nível máximo. Basta que ele abaixe um pouquinho, para que o posto mais próximo seja o destino. Porém, a menos que o carro seja utilizado todos os dias, contenha-se. Deixar o líquido envelhecer dentro do tanque é um grande problema.

Da mesma forma, há aqueles que preferem abastecer somente com o carro na reserva. E essa prática é vetada veementemente.

Você deve estar pensando: “o carro é meu e, assim sendo, todas as decisões são minhas”. No entanto, você precisa prestar atenção a alguns pontos que estão acima das suas vontades.

E nesta questão, podemos incluir defeitos e legislação. Entenda melhor, seguindo nesta leitura.

Carro parado sem combustível é passível de multa

Mais do que o transtorno de ficar na mão em razão de uma pane seca, em meio a uma estrada ou no trânsito da sua cidade, você poderá “marchar” com multa, guincho e perda de pontos na carteira, se ficar sem combustível.

Isso porque andar com o carro na reserva é algo aceitável apenas em casos emergenciais, tanto do ponto de vista da lei, conforme mencionamos, quanto da manutenção.

Confira que tipos de prejuízos essa prática pode acarretar, no próximo tópico. 

Quais são os malefícios ocasionados ao veículo ao, constantemente, deixar o carro na reserva

Pode ser que sua prática constante de deixar o carro na reserva ainda não tenha chegado ao extremo de causar danos ao seu carro.

Mas, prepare-se, porque, provavelmente, este dia não está distante.

Para que você entenda que tipo de males estão, lentamente, sendo causados ao seu veículo, listamos abaixo os problemas mais populares. Veja!

1 | Superaquecimento da bomba elétrica

Pois é, andar com o carro na reserva não significa que você tem vários litros de combustível à disposição. O sinal de alerta é enfático: procure o posto mais próximo.

Se andar desta forma é um fato do seu cotidiano, elimine-o imediatamente. 

Ao dirigir sempre na reserva, você está comprometendo o sistema de arrefecimento da bomba – que é feito com o próprio combustível -, o que a deixará em uma temperatura muito alta. A consequência dessa atitude será uma vida útil bem curta.

2 | Sujeira transitando para o motor

Tanque vazio é um ímã para a sujeira, que sempre acaba se alojando no fundo. Ao realizar um novo abastecimento, os resíduos não evaporam. Isso significa que eles irão misturar-se ao combustível que é levado ao motor.

Resultado: não será nenhuma grande surpresa se, aos poucos, o seu veículo começar a apresentar sintomas de que está com a peça comprometida.

3 | Bicos injetores entupidos

Com a sujeira que mencionamos acima, vários itens podem ser prejudicados. Entre eles estão os bicos injetores, que viabilizam a liberação do combustível para o motor. 

Você consegue identificar (tarde demais) que há problemas, quando o carro engasgar ou falhar, aparentemente, sem motivo algum.

4 | Entrada de ar

Mesmo com o carro já abastecido, ele pode simplesmente parar e deixá-lo na mão em meio a uma avenida movimentada.

 

E não adianta reclamar ou culpar o posto, achando que o combustível está adulterado. Se você costuma andar com o carro na reserva com frequência, provavelmente entrou ar suficiente para danificar o sistema.

5 | A famosa pane seca

Infração de trânsito, além do prejuízo financeiro, com a pane seca você fica vulnerável aos assaltos e aos acidentes. 

Então, por que correr o risco?

A maioria dos seguros garantem auxílio para momentos como este. No entanto, deixar chegar ao extremo propositalmente, demonstra que você não se preocupa com seu bem-estar ou com a manutenção do seu veículo.

São várias peças que ficam prejudicadas e o mau uso entra para o seu histórico como proprietário. Ao trocar o seu veículo ou revendê-lo, tenha a certeza de que o retorno financeiro será muito menor.

Lojas como a Geração Seminovos, que possuem alta reputação no mercado, irão negar-se a fechar um bom negócio com você. Portanto, além de ser um motorista consciente, aja com bom senso e evite uma depreciação maior do que a esperada pelo seu usado.

_

O conteúdo foi útil para você!? Deixe suas considerações aqui nos comentários.

E se você deseja trocar o seu usado, venha conhecer as nossas opções de seminovos. Visite uma de nossas lojas físicas, ou dê uma olhada no catálogo virtual que está à sua disposição aqui em nosso site.