consumo de combustivel dicas para economizar

Consumo de combustível: dicas para economizar em tempos de alta nos preços

Há tempos que abastecer o carro não é a tarefa mais barata do mundo. O consumo de combustível está cada vez mais caro uma vez que ao ano, por vezes, ocorrem dois ou três aumentos. Isso porque o brasileiro paga muito imposto. Além disso, há diferenças entre os valores dependo do local onde você estiver. E elas podem ser bastante significativas.

Se você não vive sem deslocar-se de carro ou ama viajar, encher o tanque deve ser um hábito, certo!? E você tem feito alguma coisa para gastar menos? Já se perguntou se há como economizar combustível, mesmo rodando tanto?

É isso que a Geração Seminovos veio desmistificar para você!

Primeiramente, entenda que a economia, neste caso, está diretamente ligada às suas atitudes como motorista: dirigir da forma correta, fazer as manutenções preventivas e conhecer a reputação do posto que você rotineiramente escolhe. 

Dito isso, é hora de receber algumas orientações sobre boas práticas. Talvez ninguém tenha lhe falado antes, ou você apenas deixou para lá por achar que tudo era besteira. Não é!

Veja!

1 | Faça as manutenções preventivas no tempo certo

Falamos dela na introdução, e nada mais justo do que começar por aí!

A manutenção é sempre necessária e, no quesito consumo de combustível, fundamental. Verificando os itens que compõem o motor de tempos em tempos, bem como filtros e velas, é a certeza da economia.

2 | 3 dicas sobre o câmbio

Fazer trocas na rotação adequada também é uma boa maneira de poupar. Portanto, evite esticar as marchas.

Modelos mais recentes de automóveis trazem consigo um indicador do momento mais oportuno para a troca de marchas. Se for o caso do seu veículo, utilize-o sempre.

E se o seu carro é daqueles que têm opções de transmissão acima da quinta, lembre-se delas quando estiver nas rodovias.

3 | Se você ama colocar o pé na estrada, seja prudente ao volante

Sabe aquela correria, natural das rodovias?

Quando você vê, de repente passa alguém aparentando uma pressa tremenda. Na maioria das vezes, é desnecessária.

É bacana ter um carro potente, estável, seguro. Mas, melhor do que isso, é respeitar os limites impostos pelo regulamento do trânsito, rodando na velocidade máxima permitida. 

Além de manter a saúde de seu veículo, uma viagem mais tranquila é a garantia de um trânsito seguro.

4 | Feche as janelas

Não é mito.

Andar com janelas fechadas melhora a aerodinâmica do veículo, especialmente em velocidades acima dos 80 km/h. Consequentemente, a economia de combustível é maior.

5 | Mas, e se tiver calor, será necessário ligar o ar-condicionado

Pois é… tá aí um balanço que deve ser feito. Faça o teste e perceba o que é mais benéfico para o seu veículo: deixar janelas abertas ou ligar o ar.

A gente sabe que o ar-condicionado demanda do motor, o que faz gastar mais combustível.

6 | Andar em ponto morto ou na banguela

Muitos motoristas acreditam que o ponto morto é um aliado na hora de moderar o gasto. Mas estão enganados! Além de correr um risco grande, especialmente em declives. Sem o auxílio do freio do motor, o sistema de freios terá uma exigência muito maior, e pode falhar. Portanto, não faça isso!

Carros com carburadores!

Esses sim são beneficiados com a economia de combustível, quando rodam em ponto morto. Mas a “tecnologia” só é encontrada em veículos muito antigos. O sistema substituto é a injeção eletrônica, que usa um chip para gerenciar o uso do combustível.

7 | O local escolhido para abastecer

Infelizmente, precisamos tocar nesse assunto. Não é todo o posto de combustível que é confiável, e a fiscalização não é eficiente.

É muito comum encontrar combustíveis adulterados por aí. O que significa prejuízo em dobro, já que os componentes do veículo podem ser danificados.

Sendo assim, avalie o local onde você abastece e tente manter a frequência.

8 | Peso no veículo e mudança em suas características originais

Você pode colocar a sua casa dentro dele, porém, fique ciente que o gasto de combustível será maior. 

Até uma mala pequena já exige mais do motor. 

O que isso quer dizer?

Evite rodar com itens desnecessários. Existem estudos que apontam que 10 kg a mais, consequência de coisas que não precisavam estar lá, já são suficientes para ir de encontro com a economia que você deseja.

Da mesma maneira, avalie a real necessidade de instalação de acessórios como aerofólios, suporte e rodas fora do padrão. Qualquer mudança pode aumentar significativamente o consumo.

9 | Se o seu carro tiver à disposição, atente-se aos dados do computador de bordo

A tecnologia mostra os consumos imediato e médio, basta programá-la. 

10 | Alinhamento e balanceamento sempre em dia

Eles são responsáveis pelo desempenho do veículo, já que atuam diretamente para a boa performance dos pneus, mantendo o atrito deles com o solo na medida certa.

11 | Falando nisso, não deixe de calibrar os pneus

Você já deve ter ouvido falar que pneu vazio torna o consumo de combustível muito maior (pode chegar a 3%). E é verdade!

O ideal é manter a calibragem de 15 em 15 dias, respeitando a pressão correta indicada no manual do veículo.

Gostou do conteúdo e tem alguma outra dica que possa compartilhar? Deixe aqui nos comentários. Será um prazer enriquecer nosso artigo com a sua participação!