vender carro seminovo três dicas para fazer bom negocio

3 dicas-chave para fazer um bom negócio ao vender carro seminovo

Vender carro exige um pouquinho de conhecimento do mercado. Não é preciso ser nenhum profissional da área, porém, a mínima informação lhe ajudará a não sair perdendo ao negociar seu seminovo ou usado.

Você pode procurar lojas ou resolver tudo diretamente com uma pessoa física. Claro que isso vai depender muito de sua necessidade e segurança, ao realizar todos os trâmites.

Sendo assim, e para tornar mais fácil a sua decisão entre as formas de comercialização possíveis, preparamos essas 3 dicas. Venha conferir.

CONCESSIONÁRIA, VENDA DIRETA OU LEILÃO ONLINE?

Bem, depende da sua pressa em se desfazer do bem. Vender carro, por vezes, pode ser uma jornada um tanto demorada. Desta forma, seu objetivo é quem ditará a maior vantagem.

DIRETO COM O COMPRADOR

Ao realizar a negociação direta com o comprador, a vantagem é financeira – consulte a tabela Fipe ou o site KBB Brasil e confira os preços praticados para o seu veículo. Porém, o tempo até a sua concretização é que pode atrasar os seus planos. Além disso, nem sempre é possível confiar nos compradores candidatos. Deu para perceber que os riscos que você correrá são altíssimos, não é mesmo!?

DICA BÔNUS PARA VENDA DIRETA

Negocie em locais públicos e só entregue o veículo quando o documento de transferência estiver assinado, e o dinheiro for depositado em sua conta. Desta forma, você evita os estelionatários de plantão.

LEILÕES ONLINE

Quando trata-se de leilões online, a palavra-chave é “agilidade na venda”. Entretanto, há uma pequena desvantagem financeira.

COMO FUNCIONA?

Esse é um modelo de negociação que tem ficado cada vez mais popular no Brasil. É assim: você faz a cotação online e o site sinaliza as melhores propostas entre os lojistas. Depois, basta levar o carro para uma inspeção. Aquele comprador que oferecer o melhor valor, leva. Exatamente como em um leilão.

NA CONCESSIONÁRIA

Essa é a forma mais segura de vender carro. Fechando o negócio, é garantido que você receberá o dinheiro imediatamente, sem dores de cabeça.

Além disso, você poderá realizar a troca do veículo com todas as garantias da concessionária. Geralmente, há um tempo generoso no qual você conseguirá resolver quaisquer problemas que surjam, sem gastar grandes quantias.

UMA SUGESTÃO

A Geração Seminovos, por exemplo, é uma grande referência do mercado. Em todas as compras e vendas realizadas, é nítida a satisfação de seus clientes, justamente por haver a certeza da qualidade de seus produtos e serviços prestados.

QUAL É O ESTADO DO SEU VEÍCULO?

Não, não nos referimos à localização geográfica, mas às condições em que seu veículo se encontra. Qual é o histórico?

Lembre-se que da mesma forma que você quer ter a segurança de vender carro para alguém idôneo, quem compra precisa confiar que também está fazendo uma boa escolha. Apresente notas fiscais de serviços já feitos, fale sobre possíveis colisões, comprove as revisões e seja 100% transparente ao responder todas as dúvidas que existam. Além disso, quite todas as pendências.

ATENTE-SE ÀS BUROCRACIAS PARA VENDER CARRO

Há uma série de requisitos a cumprir até o negócio estar totalmente concretizado. Certifique-se de comunicar a venda do veículo ao Detran de sua localidade; leve o DUT (Documento Único de Transferência) até um cartório e reconheça firma; contrate os serviços de um despachante, se achar mais prático.

O comprador terá um prazo de 30 dias, após o DUT assinado, para fazer as revisões e pedir a transferência para o seu nome. Caso contrário, multas serão cobradas dele.

Quer mais dicas? Interaja conosco e deixe aqui nos comentários as suas dúvidas. Teremos o prazer de respondê-las através de outros artigos interessantes.